Estratégia do Oceano Azul: o que é e como funciona?

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
estrategia do oceano azul
Tempo de leitura: 6 minutos

Estratégia do Oceano Azul: o que é e como funciona?

Gerenciamento estratégico e inovação são tópicos amplamente abordados quando o assunto é potencializar o crescimento de empresas, reduzir custos e atingir uma boa lucratividade.

Frequentemente, abrir novas frentes e começar a explorar novos nichos de mercado pode ser a melhor forma de atingir tais objetivos, e é exatamente isso que a estratégia oceano azul busca orientar.

Neste artigo, explicamos tudo sobre o que é estratégia oceano azul, quando surgiu e quais são os pilares para essa abordagem já usada, inclusive, por empresas multinacionais de grande renome – as quais mencionaremos no artigo, vamos lá!

O que é estratégia do oceano azul?

Publicada em 2005 pelos pesquisadores W. Chan Kim e Renée Mauborgne através do livro “A Estratégia do Oceano Azul”, esta abordagem tem como objetivo auxiliar empreendedores e gestores a explorar novos mercados, pescando em um oceano azul e ainda não explorado ou saturado pela concorrência.

O livro vendeu mais de 3,6 milhões de exemplares e foi traduzido para 43 idiomas, incluindo claro o português.

Sabendo que o objetivo da estratégia é criar novos mercados, confira as principais diferenças entre o “oceano azul” e o que os pesquisadores denominam de “oceano vermelho”.

Oceano azul

O oceano azul simboliza um mar de oportunidades ainda não exploradas, no qual você pode “pescar” sem ter de se preocupar diretamente com toda a concorrência já existente no mesmo espaço de mercado.

Dessa forma, a concorrência se torna irrelevante e a sua empresa tem a oportunidade de tornar-se pioneira em determinado nicho.

Frequentemente, simplesmente lançar diferenciais ainda não explorados pode ser o suficiente para atingir este objetivo, veja por exemplo como a Uber conseguiu se estabelecer mundialmente em um mercado de transporte já existente à anos, mas que estava estagnado e sem evolução.

Para o caso de nichos completamente inovadores e não explorados, o seu negócio será responsável pela criação e captura da nova demanda.

Isso porque os consumidores não sentem a necessidade de adquirir algo que ainda não existe ou, em alguns casos, já sentem essa necessidade mas ainda não encontraram uma empresa oferecendo uma solução à altura – como aconteceu com a Uber.

Oceano vermelho

Já no oceano vermelho, a sua empresa está sempre competindo com demais negócios atuando no exato mesmo espaço, ou seja, em um mercado existente e já explorado.

Aqui, seu objetivo deve ser não apenas oferecer produtos ou serviços de qualidade – isso não é o suficiente. Ao invés disso, você deve vencer a concorrência, disponibilizar diferenciais e aproveitar uma demanda já existente.

Não precisamos nem dizer como tudo isso é muito mais desafiador que navegar no oceano azul figurativo dessa estratégia, especialmente para novas marcas e negócios adentrando mercados saturados e altamente competitivos.

Os 8 fundamentos da estratégia do Oceano Azul

Como você pôde perceber no tópico anterior, não é sempre necessário criar algo completamente novo, nunca explorado.

Pelo contrário, em alguns casos, a inovação de serviços, produtos e recursos já existentes, assim como a atuação estratégica no posicionamento da marca no mercado e os diferenciais oferecidos são o suficiente para retirá-lo do oceano vermelho.

Confira os 8 principais pontos-chave da estratégia do Oceano Azul para entender melhor.

1. Estratégia baseada em dados concretos

Primeiramente, podemos destacar que, conforme descrito no livro de Kim e Mauborgne, essa é uma estratégia que se baseou em mais de 30 indústrias e seus resultados ao longo de um período de mais de 100 anos, desde 1880 até os anos 2000.

2. União de diferenciação e baixo custo

A estratégia do oceano azul mostra como é sim possível produzir com baixo custo e, ao mesmo tempo, oferecer qualidade diferenciada – algo que contradiz o que comumente ouvimos: ou você vende barato e economiza na produção, ou vende mais caro e oferece valor agregado.

A ideia aqui é agregar valor sem necessariamente aumentar significativamente os custos, algo que pode ser atingido exatamente a partir da exploração de novos mercados.

3. Criar novos mercados

Este é, essencialmente, o principal foco da estratégia do oceano azul. Criar e explorar novos mercados, inovar, agregar valores e oferecer diferenciais que não podem ser encontrados em seu concorrente é exatamente o que tira você do “oceano vermelho” e abre oportunidades para mitigar a competição.

4. Identificação de oportunidades

A partir da análise e avaliação de indústrias que atuam em diferentes segmentos, os pesquisadores tiveram a oportunidade de identificar e delimitar padrões no processo de tomada de decisão e estratégias que, de fato, possibilitaram a inovação para as empresas estudadas.

5. Passo a passo estruturado

É exatamente com base nesses padrões que a estratégia do oceano azul apresenta como é possível identificar novas oportunidades de mercado através de uma estrutura didática, projetada em 4 etapas e 6 possíveis rotas para a sua realização.

6. Minimização de riscos e maximização de oportunidades

A estratégia apresenta como é possível estar e fazer a validação de novas ideias a partir do chamado Teste de Ideias do Oceano Azul (TOA).

Nele, você é encorajado a responder 4 perguntas-chave e avaliar os pontos positivos e negativos. Segue abaixo um exemplo de perguntas do TOA:

  1. Utilidade: Utilidade é excepcional? As razões para comprar seus produtos e serviços são irrelevantes?
  2. Preço: Seu preço é facilmente acessível para a massa de compradores?
  3. Custo: Sua estrutura de custos é compatível com a meta de custo?
  4. Adoção: Quais são os obstáculos para viabilizar o projeto e como você irá enfrentá-los?

A partir dessas quatro perguntas, você consegue começar a validar a viabilidade de sua ideia.

7. De estratégia à execução na prática

A estratégia e a execução são feitas de forma simultânea a partir do engajamento da equipe, apresentação dos objetivos a serem atingidos e delimitação de expectativas de forma que o processo de tomada de decisões durante a execução, assim como todas as suas ações, contribuam para as chances de sucesso da estratégia.

8. Geração de resultados ganha-ganha

A partir das fundamentações da estratégia do oceano azul, a sua empresa poderá alinhar valores, lucro e pessoas, de forma que seja possível gerar valor para seus consumidores, buscar boa lucratividade para sustentar a sua estrutura de custos e motivar a sua equipe.

As etapas para execução da estratégia do oceano azul

Explorando mais a fundo o passo a passo oferecido para a execução da estratégia do oceano azul, Kim e Mauborgne apresentam a seguinte estrutura:

Os 6 possíveis caminhos para identificação de oportunidades

  1. Pesquisar por demais negócios que já atuam no nicho almejado e que já sejam reconhecidos e buscar como você pode atingir seu mercado através de diferenciais ainda não oferecidos;
  2. Avaliar quais são os valores que a concorrência em determinado nicho ainda não oferece através de seus produtos ou serviços, como por exemplo recursos adicionais, funcionalidades, conveniência, etc;
  3. Avaliar a cadeia de compradores e entender se é possível descobrir novos públicos ao invés de atingir um público existente;
  4. Buscar oportunidades de oferecer serviços, recursos, funcionalidades e diferenciais complementares ainda não disponibilizados por empresas que já atuam na área;
  5. Antecipar as demandas e necessidades dos consumidores, como avaliar alterações ou novas tendências de consumo;
  6. Reinventar estímulos emocionais e funcionais oferecidos pelos produtos ou serviços já existentes para atingir novos mercados e criar novas formas de consumo.

Os 4 passos para execução da estratégia

  1. Despertar visual: o primeiro passo é comparar sua própria empresa ou a estratégia de abertura de novos mercados com a concorrência. Aqui, destaque quais são os valores e diferenciais que você deve oferecer ou superar – para se diferenciar de empresas que já atuam na área. Para exemplificar, a Uber viu oportunidade na criação de um aplicativo que oferece mais conforto e praticidade aos seus clientes na hora de solicitar um transporte;
  2. Exploração visual: agora é a hora de começar a explorar os seis possíveis caminhos apresentados acima e identificar oportunidades;
  3. Apresentação da estratégia visual: estruturar a estratégia e apresentá-la para clientes, não-clientes e clientes de concorrentes para receber feedback e validar a necessidade;
  4. Comunicação visual: condensar todos os dados e criar uma matriz na qual você poderá aplicar o teste de ideias do oceano azul (TOA) para encontrar qual das opções é mais viável e pode render maior lucratividade.

Seguindo todo esse passo a passo da estratégia do oceano azul, você perceberá como é sim possível encontrar formas de inovar serviços ou produtos mesmo em mercados já saturados ou, especialmente, em mercados estagnados.

A inovação é exatamente o que possibilita o contínuo sucesso das maiores empresas no mercado pois, no momento que param de inovar, seus concorrentes começam a aproveitar o oceano azul ainda não explorado pelas mesmas.

Aprendeu o que é a estratégia do oceano azul?

Esperamos que este artigo tenha servido para te dar uma base sobre o que é essa estratégia, como ela funciona, quais são seus fundamentos e seu passo a passo. Todavia, para que possa se aprofundar mais, realmente recomendamos a leitura do livro de Kim e Mauborgne.

Vale reforçar que esta é uma estratégia que também pode ser aplicada em menor escala a setores específicos dentro de sua própria empresa, como por exemplo para inovar através de seus processos, rotina de vendas ou campanhas de marketing digital.

Acesse o Meets e faça seu teste gratuitamente e entenda como milhares de empresas já atuam utilizando o Meets para vender e atender de forma eficiente.

Tavares

Tavares

Deixe seu comentário

Posts Recentes

Sobre nós

O Meets foi concebido para tornar as coisas simples e práticas. Ao permitir que você visualize todo o seu processo de vendas acompanhando as atividades certas a serem realizadas.

Siga-nos

Vídeo Tutorial

Comece com conta GRATUITA!

Nenhum cartão de crédito é necessário.
Ao clicar em “Cadastre-se”, você concorda com a nossa Política de Privacidade