Análise SWOT: O que é e como fazer?

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
meets-analise-swot-ojm24gt4dn8rryyn4m884yfobtcsrqgupkslabir2g
Tempo de leitura: 6 minutos

Análise SWOT: O que é e como fazer?

A análise SWOT é uma ferramenta que absolutamente todo empreendedor deve conhecer e empregar durante o processo de tomada de decisão para garantir que possui uma visão estratégica completa, 360 graus, de seu próprio negócio.

Este é um tema que abrange não apenas novos empreendedores e suas startups, mas também aqueles que já possuem um negócio estabelecido – especialmente caso não estejam conseguindo fazê-lo crescer conforme esperado.

E é exatamente por isso que criamos este conteúdo: para ajudá-lo a entender tudo sobre análise SWOT, o que é e como fazer. 

O que é análise SWOT?

Essencialmente, a análise SWOT é uma ferramenta de gestão que serve para ajudá-lo a tomar decisões utilizando como base a coleta de dados de quatro aspectos distintos em seu negócio, sendo estes os responsáveis pelo acrônimo, em inglês:

  • Forças (Strengths)
  • Fraquezas (Weaknesses)
  • Oportunidades (Opportunities)
  • Ameaçadas (Threats)

Sua criação é atribuída a Albert S. Humphrey, um consultor de empresas renomado que a integrou em um projeto do instituto de pesquisa de Stanford, em 1960.

É importante considerar ainda que a análise SWOT não abrange apenas o cenário interno de sua empresa. Na verdade, ela pode ser dividida em duas frentes, nas quais as forças e fraquezas remetem diretamente aos fatores internos, enquanto as oportunidades e ameaças remetem à fatores externos que podem impactar os resultados de suas decisões.

Devido à sua versatilidade, ela pode ser aplicada a qualquer tomada de decisão e planejamento em seu negócio, pois oferece uma visão completa e comparativa entre os pontos positivos e negativos.

Principais benefícios da análise SWOT

Dentre os diversos benefícios oferecidos por essa ferramenta para planejamento estratégico, é importante destacar algumas:

Ampliação do conhecimento interno

Ao realizar este tipo de análise, você terá a oportunidade de aprender sobre aspectos e características dentre as estratégias e processos já empregados em seu próprio negócio.

Muitas vezes, erros ou fraquezas são identificadas a partir da análise SWOT, mesmo que estes não estejam diretamente relacionados ao planejamento no qual a mesma está sendo aplicada.

Dessa forma, pode-se dizer que realizá-la te permite conhecer melhor o funcionamento geral e específico dos setores em seu próprio negócio – o que certamente é um grande benefício não apenas para os gestores, mas também para todos integrantes e membros da equipe.

Ampliação do conhecimento externo

Assim como mencionamos na seção sobre o que é análise SWOT, não se deve ignorar como fatores externos, relacionados ao mercado no qual sua empresa está inclusa e atua. Isso têm enorme impacto em todo processo de tomada de decisão.

Como você estará avaliando oportunidades e ameaças impostas pelo mercado, também terá uma excelente oportunidade para identificar novas características que ainda não havia levado em consideração – e que podem ser cruciais para o crescimento de sua empresa, especialmente em relação à concorrência.

Como fazer análise SWOT na prática

Diferente do que pode-se imaginar, essa ferramenta não deve ser usada apenas pelos gestores de um negócio. Pelo contrário, para que seja possível obter resultados mais refinados, é importante envolver toda a equipe que atua no dia a dia nos setores envolvidos.

Isso porque o pessoal operacional de seu negócio têm uma visão privilegiada sobre como as coisas realmente acontecem na prática. Muitas vezes, são eles que podem ajudá-lo, como gestor, a tomar uma decisão assertiva.

Dividindo a análise SWOT em passos, temos:

  1. Levantamento de informações internas
  2. Levantamento de informações externas
  3. Criação da Matriz SWOT
  4. Determine suas ações estratégicas

1. Levantamento de informações internas

O primeiro passo é recolher informações sobre o ambiente interno de sua empresa. Ela pode ser obtida a partir de sessões de brainstorming com sua equipe de colaboradores, em conjunto com o feedback de seus próprios clientes.

Em geral, o objetivo é recolher suas opiniões sobre os produtos ou serviços oferecidos, assim como a imagem da empresa e seus processos internos.

É a partir disso que você conseguirá criar uma lista de forças e fraquezas – lembre-se de realizar comparativos com seus concorrentes diretos para ter resultados mais assertivos.

2. Levantamento de informações externas

Para recolher informações sobre o mercado, procure por fontes como relatórios, jornais, revistas, pesquisas e também através da opinião de especialistas, assim como uma análise a fundo de seus concorrentes.

A partir dessas informações, você poderá gerar suas listas de oportunidades e ameaças. Inclusive, uma boa forma de estruturar os fatores externos é através de uma análise PEST, que te ajuda a classificar fatores Políticos, Econômicos, Sociais e Tecnológicos.

3. Criação da Matriz SWOT

Agora que os dados foram coletados, você deverá distribuí-los em um modelo de matriz, conhecido como Matriz SWOT.

Mas antes, é importante realizar uma filtragem e priorizar quais são as informações realmente mais relevantes – tente manter uma média de 5 itens por categoria.

meets analise swot como fazer

Logo que a matriz estiver completa, é importante relacionar os pontos priorizados inclusos na matriz. Este relacionamento pode variar em intensidade, como:

  1. Sem relação;
  2. Relação fraca;
  3. Relação moderada;
  4. Relação forte.

Dessa forma, poderá identificar, por exemplo, quais pontos fortes podem ser potencializados para que consiga aproveitar suas oportunidades, ou quais fraquezas devem ser corrigidas para que uma ameaça deixe de existir.

O objetivo para cada categoria de sua Matriz SWOT deve ser:

  • Potencializar forças;
  • Corrigir fraquezas;
  • Aproveitar oportunidades;
  • Mitigar ou remover ameaças;

Tendo isso organizado, é hora de fazer cruzamentos de informações entre as categorias e identificar como você pode colocá-los em prática através de um plano de ação.

4. Determine suas ações estratégicas

Por fim, está na hora de recolher estes resultados e gerar estratégias para seu negócio. Faça uma relação entre suas forças e oportunidades e ameaças, assim como uma relação entre suas fraquezas e suas oportunidades e ameaças.

Identifique abaixo a interação entre cada cruzamento para que você possa elaborar estratégias de crescimento a partir da análise SWOT:

  • Matriz de Desenvolvimento (Forças x Oportunidades): serve para ajudá-lo a identificar oportunidades externas que não são aproveitadas ainda pelo seu negócio, assim como oportunidades para as quais sua empresa não possui forças.
  • Matriz de Restrições (Fraquezas x Oportunidades): identifique fraquezas que te impedem a aproveitar as oportunidades e formule estratégias para corrigi-las.
  • Matriz de Sobrevivência (Forças x Ameaças): serve para ajudá-lo a reconhecer ameaças para as quais seu negócio não apresenta nenhuma força capaz de combatê-las. Ou seja, ameaças que não podem ser relacionadas às suas forças.
  • Matriz de Riscos (Fraquezas x Ameaças): exibe quais são suas fraquezas que podem, caso não solucionadas, gerar ameaças para seu negócio.

Após identificar suas estratégias de crescimento, é importante também fazer relacionamentos voltados para a sustentabilidade de seu negócio, como:

  • Matriz de Fortalecimento (Forças x Oportunidades): essas são as forças de seu negócio que o ajudam a gerar novas oportunidades e abrir portas. Ou seja, forças que tenham relacionamentos fortes com oportunidades.
  • Matriz de Proteção (Forças x Ameaças): aqui, poderá identificar as forças que te protegem contra possíveis ameaças, ou seja, forças que você deve potencializar para que fatores externos não se tornem uma ameaça ao seu negócio.

Lembre-se, antes de incluir o resultado dessas matrizes em seu plano de ação, é importante medir a viabilidade para seu negócio. Deve-se considerar que os resultados obtidos a partir das matrizes do grupo de sustentabilidade devem ser priorizados – afinal, eles protegem seu negócio.

Porém, em relação às matrizes de crescimento, é possível que, a partir da análise SWOT, você identifique que este não é o momento certo para se tomar uma decisão, alterar seus processos ou investir em novas oportunidades.

Reconheça a diferença entre fazer alterações e melhorias em seus processos internos e tentar avançar para oportunidades que apresentam riscos impostos por fatores externos – que você não pode controlar.

O mais importante é tomar a decisão de fazer. Consequentemente você irá encontrar diversas oportunidades e informações que antes estavam obscuras no seu negócio.

Reavaliação de resultados

Com efeito, é importante considerar que os resultados de uma análise SWOT devem ser reavaliados em determinados períodos de tempo.

Não existe uma regra para esta periodicidade, pois ela depende do processo de tomada de decisão ou planejamento no qual a análise foi realizada.

Mesmo assim, acompanhe de perto seus resultados e KPIs e realize novas análises SWOT para que possa identificar se as ameaças identificadas foram eliminadas, se as fraquezas foram realmente corrigidas, as forças potencializadas e para que possa identificar novas oportunidades.

Pronto para fazer sua análise SWOT?

Esperamos que este conteúdo tenha o ajudado a aprender o que é análise SWOT e como fazer em seu próprio negócio. Lembre-se, todo processo de tomada de decisão em seu negócio deve ser feito a partir de informações concretas, recolhidas a partir de fontes confiáveis e relevantes para sua empresa.

Decisões mal planejadas ou baseadas em dados incorretos podem custar caro para seu negócio. E é exatamente por isso que você deve enfatizar a credibilidade das informações recolhidas nos primeiros passos da análise.

Seus clientes são uma excelente fonte de opiniões e feedback sobre seus serviços e produtos. Portanto, gerencie seu relacionamento com os mesmos para que possa aproveitar todo este retorno.

Para isso, não se esqueça que um sistema de CRM, como o Meets, pode ajudá-lo a aproximar clientes de seu negócio e ajudá-lo a gerar novas forças e eliminar ameaças a partir da fidelização de consumidores.

Se você precisar de alguma ajuda, nossa equipe de atendimento está preparada para te auxiliar. Conte conosco pra vender mais todos os dias.

Tavares

Tavares

Deixe seu comentário

Posts Recentes

Sobre nós

O Meets foi concebido para tornar as coisas simples e práticas. Ao permitir que você visualize todo o seu processo de vendas acompanhando as atividades certas a serem realizadas.

Siga-nos

Vídeo Tutorial

Comece com conta GRATUITA!

Nenhum cartão de crédito é necessário.
Ao clicar em “Cadastre-se”, você concorda com a nossa Política de Privacidade

Ao continuar a usar o site, você concorda com o uso de cookies. Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies necessários para o seu funcionamento e necessários para atingir os objetivos ilustrados na política de cookies. Se você quiser saber mais ou retirar seu consentimento para todos ou alguns dos cookies, consulte a política de cookies . Ao fechar este banner, rolar esta página, clicar em um link ou continuar a navegar de outra forma, você concorda com o uso de cookies. Mais informações

As configurações de cookies neste site estão definidas para "permitir cookies" para oferecer a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, você estará concordando com isso.

Fechar